Elvio da Boit, 53 anos, conta que era muito materialista e não costumava dar muita importância aos relacionamentos. "Me concentrava somente no meu trabalho e esquecia de dar atenção à minha família", afirma. No entanto, Jesus sempre esteve na sua vida, pois boa parte da família é cristã. "Sempre estavam orando por mim, inclusive minha esposa e minhas filhas. Sempre me falaram de Jesus, mas eu sempre resisti a entregar a minha vida para ele", admite.

Leia mais:Uma história de amor e confiança

       Deisi Dacorso conta que sempre foi uma pessoa prepotente e arrogante. Filha única, sempre foi mimada, apesar de não admitir isso. Namorou por nove anos e durante esse período se acostumou também a ser lisonjeada frequentemente pelo namorado. Entretanto, o tempo se passava e ela não suportava mais esperar o bendito casamento. "Mesmo sendo de famílias humildes, providenciamos uma linda festa, paga com nosso trabalho e esforço. Mas depois de três anos o conto de fadas acabou", conta.

Leia mais:Testemunho Deise Dacorso
Página 1 de 2