Testemunhos

Berenice Krause levava uma vida aparentemente normal, mas um acontecimento inesperado mudou tudo: ela perdeu a única filha, de apenas cinco anos.

“Conheci Jesus em um momento muito difícil e de muita dor, quando um acidente vitimou a Amanda”. Berenice perdeu o rumo e não encontrava sentido em mais nada. Com grandes questionamentos e em meio a um sofrimento profundo, começou a buscar respostas sobre a vida espiritual: passou a ler a bíblia e livros espíritas, frequentava os cultos e grupo de crescimento da IBFC e ao mesmo tempo ia também na igreja católica, sempre ansiando por uma resposta racional para suas dúvidas: “Por que comigo? ”, “É algum castigo de Deus? ”.
“Mas como Deus é bom e misericordioso, colocou pessoas abençoadas em meu caminho, o casal Evando e Silvia, que dispuseram tantas vezes de seu tempo para orar comigo e me ajudar em minhas dúvidas. Deus usou outras pessoas também nesta caminhada comigo e uma delas foi minha tia Lourdes, que há poucas semanas havia começado a ir na IBFC. Comecei a orar muito e ouvir Deus falar comigo e aí iniciou a transformação”. Berenice aceitou Jesus e entendeu que Ele poderia transformar todo o mal em bem: “recebi cura para minha alma e meu coração machucado, cheio de dor e aflição.

Aprendi que Deus não dá a cruz, mas dá a força que precisamos para carregá-la". Ela conta que às vezes a saudade vem forte, mas Jesus a fortalece e transforma o pranto em alegria. "Entendi que nosso Salvador venceu a morte e não há o que temer pois Ele vive e a esperança continua". Hoje Deus restituiu sua família: “tenho três filhos abençoados, a Samanta (do coração), a Mariana e o Arthur (biológicos) e sou grata a Deus pela sua graça e seus cuidados”. A palavra de Deus ensinou a Berenice que Ele pode encher o que está vazio, reparar o que foi quebrado e resgatar o que foi perdido.